quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

FELIZ 2010

sábado, 26 de dezembro de 2009

Risoto de Natal - 2009

Então é natal, ops... Então já passou o natal, esse natal foi como todos os anos, família reunida, muita conversa, muita comida, os amigos filando o rango, mas no final foi tudo bem. Esse ano me joguei para fazer toda a ceia, uma farofa, um peru bem suculento, um arroz a piamontese ou risoto, uma salada e um bom vinho acompanhando. Quem disse que eu consegui? Fui limado total do baba e só fiquei com o risoto mesmo. Meu pai trouxe um bode assado, a farofa e a salada, num rolou peru e nem vinho e eu acabei fazendo o risoto. Modéstia a parte por ter ficado muito bom, hehe, vou por a receita aqui e espero que gostem, minha tia Cinha foi uma das que me implorou para eu colocar a receita, então aqui esta.



Risoto de Natal

Ingredientes:

500 Gr. de Arroz arbóreo.
1 Cebola grande.
3 Dentes de alho.
2 Colheres de sopa cheia de manteiga.
1 Colher de sopa cheia de azeite de oliva.
100 Gr. de passas brancas. Coloque para hidratar em água.
1 Cálice de vinho branco seco.

100 Gr. de um bom queijo parmesão ralado, eu usei o
"Prima Donna" com nozes.
Tabletes de caldo de carne.

A quantidade especifica de água que manda na caixa do arroz.


Modo de Preparo:


1º - Pegue a água que ira pro cozimento do arroz com o tablete de caldo, e coloque para ferver. A água tem que estar fervendo quando for jogar no arroz.

2º - Pegue a cebola, descasque-a, lave bem e corte em cubinhos pequenos.

3º - Pegue o alho, descasque e amasse.
4º - Pegue uma panela grande, jogue a manteiga e o azeite e deixe esquentar, jogue a cebola.

5º - Quando a cebola estiver começando a ficar transparente jogue o alho e deixe refogar.
6º - Quando o alho estiver dourando jogue o arroz, sem lavar, e refogue até ouvir uns estalos parecendo de milho de pipoca estourando.
7º - Pegue as passas que estavam hidratando e jogue no arroz e já adicione algumas conchas da água que esta fervendo, mexa e deixa lá.

8º - Depois de uns 5 minutos mexa novamente e jogue mais água, vá fazendo isso até o arroz ficar no ponto ou acabar a água.

9º - Quando o arroz estiver no ponto jogue o cálice de vinho e o queijo parmesão, espere uns 2 minutos e desligue. Sirva imediatamente.

Acompanhamentos:

Nós comemos com um bode assado, farofa e salada, mas poderia ser com peru ou outra carne, ficou muito bom.


Até a próxima receita amigos, abraços.

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Arroz a Piamontese (Uma Óde a Família)

Não sei o que vocês pensam sobre família, mas digo que é a coisa mais importante que a nessa vida. Temos que pensar que não somos só filhos dos nossos pais, somos filhos dos nossos avós, bisavós... Afinal como estaríamos aqui se não fosse o passado de nossas famílias, hoje tive uma grande certeza ao passar à tarde na casa de minha vó Regina, não a bem maior do que o amor fraternal e familiar. Hoje vi o quanto faz bem ao corpo e alma passar, nem que sejam minutos, com alguém que você ama, não importa as brigas, não importa os constrangimentos, não importa nada ao estar ao lado de alguém que lhe faça bem e que pratique o bem. Nada no mundo supera o amor familiar. Nos momentos de tristeza, nos momentos de tragédia, nos momento que mais precisamos, ele sempre esta lá, alguém sempre o representa, um irmão, um tio, uma prima, ou até mesmo para mim o mais importante, uma mãe ou uma avó. Hoje eu já posso dizer que é natal pelo horário, e é por isso que desejo a todos meus familiares, parentes e agregados um feliz natal. Mais especialmente as minhas mães, Suely, Regina e Bela. Que hoje essa receita vai dedicada a minha vó Bela com todo meu amor e carinho de neto, espero um dia ter o privilegio de ser o pai dos meus filhos e dos meus netos e sentir como é ser pai duas vezes. Vó te amo, estaremos sempre juntos por mais que esse mundo nos separe.

Arroz a Piamontese

Ingredientes:

1 Kg. de arroz arbóreo, se não tiver pode ser o branco mesmo.
250 Gr. de parmesão em barra ralado.
1 Caixa ou lata de creme de leite.
2 Colheres de sopa cheia de manteiga.
1 Cálice de vinho branco seco.
Noz moscada ralada a gosto.
1 Vidro grande de cogumelos (Champignon) cortados em laminas.
1/2 Copo de requeijão cremoso.

Modo de Preparo:

1ª - Pegue o arroz já cozido da sua maneira e coloque em uma panela ainda quente e meio úmido.
2ª - Pegue os ingredientes, todos exceto o vinho e o creme de leite.
3ª - Jogue no arroz, o parmesão ralado, a manteiga, a noz moscada, os cogumelos e o requeijão cremoso, deixe dar uma reduzida no líquido. Fogo médio.
4ª - Quando começar a engrossar jogue o vinho e espere uns segundos para evaporar o álcool.
5ª - Logo em seguida desligue o fogo e jogue o creme de leite, veja o sal e sirva imediatamente.

Até a próxima receita amigos, abraços.

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Pastel de Carne com Queijo

A combinação do pastel com uma cerveja (mais gelada que nariz de foca) não tem igual!!! É uma das coisas mais sublimes que existem, não sei se é o ambiente da pastelaria ou de um barzinho, ou se é somente a mistura dos sabores, é um mistério. Só sei que essa semana resolvi fazer e levei ao degustador de cerveja mais sublime que conheço, seu Lima da Target, ele adorou, falou que tava sequinho, que o recheio tava no ponto que a massa tava boa, no mais ele adorou. Depois chegaram Neto e Emily e gostaram muito também, então hoje eu dedico essa receita a família Lima e seus agregados...^^


Pastel de Carne com Queijo.

Ingredientes:

1 Pacote de massa pronta para pastel.
500 Gr. de patinho moído.
250 Gr. de queijo prato.
500 Ml. de óleo para fritar.
2 Cebolas grandes cortadas em cubinhos bem pequenos.
6 Dentes de alho.
1 Colher de sopa cheia de manteiga.
3 Colheres de sopa cheia de azeite de oliva.
1 Tablete de caldo de costela.
3 Colheres de sopa rasa de óleo de gergelim torrado.
3 Colheres de sopa rasa de shoyu.
Pimenta preta moída a gosto para temperar a carne.

Modo de preparo:

1ª - Pegue o patinho moído coloque em uma tigela e tempere com a pimenta a seu gosto.
2ª - Pegue a cebola, descasque, lave e corte em cubos bem pequenos e o alho descasque e amasse.
3ª - Pegue uma frigideira coloque o azeite de oliva e a manteiga, espere esquentar e jogue a cebola e o alho.
4ª - Deixe fritar bem até a cebola ficar transparente quase dourada e o alho também.
5ª - Jogue a carne temperada só com a pimenta e vá refogando até secar completamente a água.
6ª - Quando estiver quase seca jogue o óleo de gergelim, o shoyu e o tablete de caldo de costela já dissolvido em uma xícara de água quente, mexa bastante para o caldo dissolver todo e pegar em toda a carne.
7ª - Quando secar novamente prove o sal, se precisar mais veja se pega mais um caldo de costela ou somente sal.
8ª - Retire do fogo espere esfriar um pouco e comece a montar os pastéis.
9ª - Coloque o óleo que ira fritar os pastéis para esquentar, o grande lance do pastel seco e crocante é o óleo, nunca coloque com ele frio nem muito quente, tem que haver um meio termo ou seja nem frio nem muito quente.
10ª - Pegue a massa abra em uma bancada coloque um pedacinho de queijo, uma colher de chá de carne e feche bem fechado para não entrar o óleo depois disso pegue o pastel coloque a pontinha no óleo, se ele já começar a fritar de imediato já jogue e deixe fritar até dourar. Se a panela for pequena frite uns 3 de vez no máximo para não esfriar o óleo de contrario no máximo 4.
11ª - Retire do óleo, deixe escorrer na própria espátula e coloque em papel toalha para absolver o óleo em excesso. Sirva imediatamente.

Acompanhamentos:

CERVEJA, CERVEJA E MAIS CERVEJA!!!

Até a próxima receita amigos, abraços.

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Frango Marinado com Arroz de Curry


Frango Marinado
(Serve 4 Pessoas)

Ingredientes:

8 Coxas e Sobrecoxas, inteiras.
4 Colheres de sopa de vinagre balsâmico.
4 Colheres de sopa de shoyu.
2 Colheres de sopa de sauce oster.
2 Colheres de óleo de gergelim torrado.
4 Colheres de sopa de azeite de oliva.
5 Colheres de sopa cheia de água.
1 Colher de sopa de alecrim.
1 Colher de sopa de manjericão desidratado.
1 Colher de chá cheia de noz moscada em pó ou ralada.
Pimenta branca moída.

Modo de Preparo:

1ª - Pegue as coxas e sobrecoxas, lave-as bem, tire toda a pele e gordura, e desosse ela toda, mas sem cortar ao meio deixe juntas,
tire todos os nervos e cartilagem.

2ª - Pegue uma vasilha coloque todos os liguidos e os temperos secos, mexa bem.
3ª - Quando for desossando o frango já vai temperando ele com a pimenta branca e jogando dentro da vasilha com a mistura.
4ª - Pegue a vasilha com o frango imerso tampe com papel filme e
leve a geladeira por mais ou menos 24 Hrs.
5ª - No dia seguinte na hora de preparar o frango ah duas opções, fritar na manteiga com azeite ou grelhar numa churrasqueira. As duas opções são ótimas, mas eu recomendo a mais saudável que é grelhar, fica excelente.

Arroz com Curry

Ingredientes:

3 Xícaras de arroz branco.
1 Cebola Grande.
3 Dentes de alho.
3 Colheres de chá de Curry
4 Xícaras de água já fervendo.
Azeite de oliva.
Manteiga.

Modo de Preparo:

1ª - Corte a cebola em cubinhos, e o alho amasse.
2ª - Pegue uma panela coloque a manteiga e o azeite e deixe esquentar.
3ª - Jogue o alho com a cebola e refogue.
4ª - Jogue o arroz e deixe refogar até estalar parecendo milho de pipoca.
5ª - Pegue aquele caldo do frango, o caldo que o frango ficou durante a imersão e jogue no arroz e complete com água.
6ª - Fique provando e veja o ponto, quando estiver quase bom jogue o curry e deixe acabar de cozinhar. Veja o sal.
7ª - Sirva imediatamente.

Até a próxima receita amigos, abraços.

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Macarrão ao Molho Pomodoro

Ah algum tempo que eu não fazia esse macarrão aqui em casa e ontem resolvi fazer, como fala minha mãe, baixou o espírito cozinhador. Essa foi uma das minhas primeiras receitas e que fui aprimorando com o passar do tempo, modifiquei aqui, modifiquei ali e cheguei ao ponto que eu disse, "Nossa, ta bom demais". Hoje irei ensinar um pouquinho dela, não tudo claro, sempre ah os segredinhos.



Macarrão ao Molho Pomodoro

Ingredientes:

4 Tomates maduros e firmes.
2 Cebolas médias.
1 Pimentão médio vermelho.
1 Pimentão médio verde.
4 Dentes de alho.
1 Caixa de molho pronto, ervas finas ou manjericão.
2 Colheres de sopa cheia de manteiga.
1 Colher de sopa de açúcar mascavo. (Se não tiver põe o cristal mesmo, mas numa quantidade menor)
1 Colher de chá de pimenta preta moída.
1 Cálice de vinho tinto seco.
1 Tablete de caldo de carne.
1 Xícara de chá cheia de folhas de manjericão.
1/2 Xícara de chá de azeitona cortada e sem caroço.
Fios de azeite de oliva.

Modo de Preparo:

1ª - Pegue os tomates lave-os bem, corte em 4 e retire o olho e as sementes, no final corte todo em cubinhos. Faça o mesmo com os pimentões e as cebolas. Tente cortar tudo em partes iguais, do mesmo tamanho, para na montagem do prato ficar tudo bem bonito e organizado.
2ª - Pegue o alho, descasque-o e amasse.
3ª - Pegue uma panela relativamente grande e coloque a manteiga e fios de azeite.
4ª - Jogue os tomates, as cebolas, os pimentões e o alho, refogue até os tomates sumirem e a cebola ficar transparente.
5ª - Feito isso jogue a caixa de molho pronto e depois de vazia encha com água e jogue a mesma medida.
6ª - Feito isso deixe ferver um pouco e jogue o restante dos ingredientes, o açúcar, a pimenta preta moída, o cálice de vinho, o tablete de caldo de carne, as folhas de manjericão e as azeitonas. Deixe ferver até reduzir um pouco.
7ª - Depois de uns 30 minutos fervendo e sempre mexendo, prove e veja o sal, se for necessário acrescente mais, fica a seu critério.
8ª - Desligue e sirva imediatamente.

Acompanhamentos:

Serve muito bem com ovos cozidos com fios de azeite de oliva, salada de tomate e manjericão, um frango assado ou grelhado, ou um filé a parmegiana.

Até a próxima receita amigos, abraços.

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Livro


Hoje na saída do cinema, entramos numa livraria e apresentei a minha mãe o livro "As Grandes Receitas de Gordon Ramsay". Ele é um grande Chef de cozinha Escocês e para quem tem TV por assinatura deve conhecê-lo do programa "Hell's Kitchen". Famoso por sua linha dura e seu jeito grosseiro, na verdade é uma pessoa que ama o que faz e poderia até ser comparado com um caranguejo, aquela carapaça dura, firme e feia por fora, e todo mole e sentimental por dentro. Nesse livro ele aborda suas receitas mais famosas e as que mais gosta de prepará-las, é um misto de receitas caseiras e sofisticadas. Recomendo e sei que não iram se arrepender.

Editora Globo - Faixa de 50 à 70 reais.

Filme

Acabei de chegar de uma seção de duas horas no Espaço Unibanco de Cinema (Cine Glauber Rocha). Fui assistir à "Julie e Julia", MARAVILHOSO, recomendo a todos, uma história fantástica sobre duas cozinheiras em tempos e realidades distintas mas que tem em comum a paixão pela cozinha e a motivação de estar sempre melhorando. Peço a todos que lêem meu Blog e que amam gastronomia tanto quanto eu que não deixem de curtir essa maravilha cinematográfica, tenho certeza de que não iram se arrepender.